Latest Entries »

Não perca tempo, adquira o meu ebook!

Agora você pode comprar com tranquilidade e segurança este livro maravilhoso! Aproveite enquanto está disponível aqui e nessa oferta de R$ 19,50 na versão ebook.

 

Clique aqui para adquirir a versão impressa na Agbook!

Clique aqui para adquirir a minha versão digital!

Ou leia aqui os primeiros capítulos!

 

Divirta-se e aprenda sobre os povos de uma galáxia desconhecida!

Obrigado!

Vejam a nova capa, contracapa e orelhas completas!

 

Esta é a capa preparada pela AgBook.

E neste link, com 3 capítulos, está a disposição de todos! Clique aqui!

Só pra ter um gostinho…

Numa guerra não existem só combates…

No meu livro A Guerra da Restauração, da trilogia Defensores de Dhalarrad, não tem só guerra… nos capítulos iniciais eu começo focado numa ação de resgate da Frente de Restauração de Azteran… mais aí vocês vão perguntar que frente é essa e o que é Azteran?

Bem, vamos lá:

– A Frente de Restauração de Azteran, dentro dessa civilização evoluída chamada Confederação das Nações Estelares de Azteran (CNEA, apesar de que no livro eu não gosto de usar essa sigla), ou simplesmente, Confederação de Azteran ou mesmo só Confederação. Ela está sob o domínio de alguns compatriotas (vejam que isso, no enredo, é um conceito muito maior) com outras intenções, que foram seduzidos ou dominados, ou seja, com o tempo vocês vão ter que descobrir como isso aconteceu. Esses azteranos corrompidos lutam contra os principios seculares humanistas do seu próprio povo, para que o domínio das forças de um império interestelar inimigo, que não reza na mesma cartilha, consiga fazer uma conquista de muitos novos domínios para um considerável aumento de poder bélico e genético desse terrível império…

– Até aí, deu para entender? Não?!? Pois então, um grupo de pessoas corajosas não aceitam facilmente esse domínio sutil e resolvem agir contra isso. Eles se unem e fundam uma frente que mistura o desejo de lutar com a vontade pela volta da paz, religiosidade e ética que existiam antes, desde a fundação da Confederação pelos terrestres, que recolonizaram o planeta Azteran Alfa, junto com os Azteranos originais e os híbridos que nasceram da fusão entre as duas raças…

– Complicado?!? Espero que não. Então essa Frente de Restauração de Azteran, que no livro chamamos, muitas vezes, apenas de FRA, vai realizando ações e protestos, ao longo de 28 anos de atividades, contra as várias gestões dos Governadores Gerais, que influenciados pela decadência ética e comportamental criada pelo inimigo imperial de outro quadrante da galáxia. Isso gera muitos impactos negativos sobre os povos e civilizações associadas na Confederação. A FRA é muito mais que aparenta ser. Ao longo desse tempo ela se organiza em diversas filiais estabelecidas em todos os mundos confederados evoluídos. As decisões dos rebeldes são muito bem analizadas e discutidas democraticamente entre as suas lideranças. Eles já previam a possibilidade de uma guerra civil interplanetária que, nesse meu primeiro livro, é o fato principal. Por isso é chamado o primeiro volume de Defensores de Dhalarrad: A Guerra da Restauração.

– Expliquei ou confundi ainda mais??? O que vocês acham? Respondam, participem!